sexta-feira, 28 de março de 2014

O glúten pode causar refluxo ácido, azia e DRGE?

Dra. Vikki Petersen
19 março, 2014


Você está entre os muitos que sofrem de DRGE?


Você tem refluxo ácido, azia ou DRGE (doença do refluxo gastroesofágico)? Se assim for, você está em muito boa companhia. Até 20% dos adultos norte-americanos sofrem com DRGE e crianças também se juntam às fileiras, com até 8% de crianças adolescentes que sofrem. Se você sofre de doença celíaca, esses números aumentam: 30% dos celíacos sofrem de DRGE e quase 40% das crianças com doença celíaca sofrem de esofagite, uma inflamação do esôfago com azia. Apesar destas condições serem mais frequentes em doentes celíacos, o sintomas não foram altamente associados ao glúten como causa raiz. E nem um grande esforço de investigação ocorreu na área.

Glúten pode ser  uma causa 

Aqui em nosso departamento de nutrição clínica na "HealthNow", vemos uma alta correlação entre os dois. Pacientes com estes sintomas freqüentemente melhoram dramaticamente e muitas vezes tem a resolução total quando introduzem uma dieta livre de glúten, se eles têm a doença celíaca ou sensibilidade ao glúten. Recentemente encontrei alguns estudos, um muito bom, que não só encontra uma forte correlação com esses sintomas e glúten, mas eles descobriram uma associação interessante que eu acho que você vai achar fascinante. Apresentado no Journal of Gastroenterology and Hepatology , o documento foi intitulado "Efeito do glúten da dieta sobre prevenção da recorrência da Doença do Refluxo Gastroesofágico, relacionados com sintomas em adultos celíacos e pacientes com doença do refluxo não erosiva ". De acordo com a maioria dos trabalhos de pesquisa, o título é grande!  Basicamente, os autores se propuseram a descobrir se o glúten tinha um papel em causar DRGE, refluxo ácido e azia.

O estudo envolveu 105 pacientes com DRGE e doença celíaca, além de um grupo controle de 30 pacientes (não-celíacos) com DRGE . Ambos os grupos foram tratados durante 8 semanas, com um inibidor da bomba de protons, um fármaco clássico para tratar os sintomas de DRGE.

Após a retirada da droga na marca de 8 semanas, os pacientes foram avaliados quanto aos seus sintomas em 6, 12, 18, ​​e 24 meses seguintes à eliminação do fármaco. É muito importante saber que para aqueles com doença celíaca, apenas os pacientes que estavam estritamente em dieta sem glúten foram autorizados a permanecer no estudo.

Sintomas melhoram permanentemente em uma dieta sem glúten


Os resultados foram os seguintes: No final da 8ª semana, sintomas de DRGE foram resolvidos em 86% dos pacientes com doença celíaca e 67% do grupo controle. Na marca de 6 meses, a recorrência dos sintomas ocorreu em 20% dos pacientes com doença celíaca (e eles foram então excluídos do futuro follow-up), mas no seguimento mais longo intervalo de 12, 18 e 24 meses, não houve nenhuma recidiva de sintomas encontrados em qualquer um dos pacientes com doença celíaca. O grupo controle, no entanto, revelou 30% de recorrência na marca de 6 meses, a escalada de 60% ​​na marca de 12 meses, mostrando um aumento de 75% aos 18 meses e que termina com um total de 85%, na marca de 24 meses. Fascinante! 80% do grupo de celíacos que mantinha uma dieta livre de glúten permaneceu sem sintomas após 2 anos, enquanto o grupo não-celíaco, que não segue uma dieta livre de glúten continuou a piorar quanto mais tempo eles estavam fora da droga, com apenas 15% deles sem sintomas. O que os investigadores pensaram sobre isso? Sua conclusão foi a seguinte:
1) Uma dieta sem glúten pode ser útil na redução dos sintomas da DRGE.
2) A eliminação do glúten da dieta poderia atuar como uma proteção contra a DRGE, já que o glúten parece precipitar os sintomas em algumas pessoas. Com base na pequena taxa de recaída de 20% versus 75% dos pacientes com doença celíaca em relação ao grupo controle, faz sentido concluir que seguir uma dieta sem glúten pode ajudar a proteger contra a DRGE.

Os pesquisadores também citaram outro estudo de base populacional por Dr. Nocon e da equipe que observou, onde o consumo de doces ou pão branco, pelo menos uma vez por dia, agiu como um fator de risco para sintomas de refluxo. Doces, na sobremesa típica dos EUA, equivale ao glúten, e, claro, o mesmo acontece com o pão branco.


Apresenta DRGE, refluxo ácido ou azia? Faça os testes de glúten!


Em resumo, estes resultados da investigação apoiam o que vemos aqui na clínica: pacientes com refluxo ácido, DRGE ou azia devem ser avaliados para a doença celíaca/sensibilidade ao glúten.


http://glutendoctors.blogspot.com.br/2014/03/does-gluten-cause-acid-reflux-heartburn.html

Dr. Vikki Petersen, DC, CCN
Founder of HealthNOW Medical Center
Co-author of “The Gluten Effect”
Author of the eBook: “Gluten Intolerance – What you don’t know may be killing you!”

References:

Journal of Gastroenterology and Hepatology,  Effect of Gluten-free Diet on Preventing Recurrence of Gastroesophageal Reflux Disease-related Symptoms in Adult Celiac Patients With Nonerosive Reflux Disease.  Paolo Usai, Roberto Manca, Rosario Cuomo, Maria Antonia Lai, Luigi Russo, Maria Francesca Boi. 2008;23(9):1368-1372.
Diseases of the Esophagus, September 2011

8 comentários:

  1. Ápós anos e anos usando omeprazol, leio esse estudo. Vou fazer um teste e passar a consumir produtos sem glúten. Se funcionar, será muito bom.

    ResponderExcluir
  2. Q bom acho q encontrei uma solução para meus dramas obrigada!!!!

    ResponderExcluir
  3. Vou tentar fazer essa dieta sem gluten..Quem sabe nesta simples troca d alimentaçao esta a soluçao p/ minha ataxia.. ;)

    ResponderExcluir
  4. Tenho uma filha com apenas 6 anos e sofre de muito com a DRGE, vou tentar essa dieta, não aguento mais ver ela sofrer.

    ResponderExcluir
  5. Tenho refluxo laringofaringeo... será que melhoraria pra esse caso tbem?

    ResponderExcluir
  6. Tenho refluxo e já tirei o glúten por minha conta mesmo. Melhores muito e consigo ficar muito tempo sem precisar de medicamentos e inclusive consigo dormir com 1 travesseiro ao invés de 3, tamanho meu grau de dificuldade causada pela hérnia de hiato. De quebra estou conseguindo emagrecer.

    ResponderExcluir
  7. eu tambem tenho este problema mas a lactose tambem é um problema para mim,vou tirar da minha dieta o gluten,

    ResponderExcluir