terça-feira, 5 de julho de 2016

EQUÍVOCOS NO DIAGNÓSTICO DA DOENÇA CELÍACA

EQUÍVOCOS NO DIAGNÓSTICO DA DOENÇA CELÍACA
JULHO DE 2016

Dr Hugo Werneck - Gastroenterologista-SP
página Facebook: Consultório/Doença Celíaca



A seguir eu vou enumerar e explicar algumas situações que dificultam ou induzem ao diagnóstico de forma equivocada. São dez situações que vou apresentar uma por vez para não alongar demais o texto.

Situação 1- Pacientes que iniciaram a dieta sem glúten antes de fazer os exames.

É uma situação bastante comum no consultório do gastroenterologista. O paciente inicia a restrição ao glúten por conselho de amigos ou porque leu em algum artigo que o glúten é a grande causa dos seus problemas. Infelizmente, isso dificulta muito o diagnóstico, pois após alguns meses não existe mais anticorpos circulantes (anti-transglutaminase e/ou anti-endomísio). A partir daí os resultados dos exames se tornam incertos e duvidosos. Neste caso, deve-se voltar à dieta livre (com glúten) por três meses para depois fazer os exames. Muitas pessoas se recusam a enfrentar esse desafio com receio de apresentarem problemas. Consequentemente, nunca saberemos se tais pacientes são celíacos de verdade.


Situação 2- “Rotular” um paciente como celíaco baseando-se apenas na melhora dos sintomas após a retirada do glúten da dieta.

O diagnóstico preciso depende da positividade dos exames sorológicos específicos (anticorpos anti-transglutaminase e/ou anti-endomísio) e da presença de atrofia da mucosa duodenal. A melhora clínica e laboratorial é apenas um dos aspectos da resposta à dieta sem glúten.

Situação 3- Coletar número insuficiente de biópsias da mucosa duodenal para estudo histológico.

Os congressos de consenso sobre doença celíaca já estabeleceram o número mínimo de quatro fragmentos de mucosa duodenal para análise microscópica. A razão para a coleta múltipla é o padrão nem sempre homogêneo do acometimento duodenal, podendo haver tecido normal intercalado com tecido comprometido.

Situação 4- Diagnosticar doença celíaca com base em alterações histológicas mínimas.

O que caracteriza a doença celíaca é a atrofia vilositária; portanto, classe 3 da classificação de Marsh-Oberhüber. A presença de linfocitose intraepitelial e/ou hiperplasia de criptas é insuficiente para fechar o diagnóstico.

Situação 5- Diagnosticar doença celíaca com base em achados histológicos (atrofia vilositária) com sorologia negativa.

Nesta situação o teste genético (HLA-DQ2 e HLA-DQ8) é obrigatório. Resultado negativo exclui o diagnóstico. Se positivo, a confirmação diagnóstica é feita após a normalização da mucosa depois de 12/24 meses de dieta sem glúten. Algumas condições, além da doença celíaca, podem causar atrofia da mucosa duodenal como a giardíase ou o uso de certos medicamentos como o olmesartan e o valsartan (para hipertesnsão arterial).

Situação 6- Descartar doença celíaca em pacientes extremamente sintomáticos que têm sorologia negativa, sem realizar biópsia duodenal.

Embora os testes sorológicos (anti-endomísio e anti-transglutaminase) sejam muito sensíveis (até 98%) para diagnosticar a doença, cerca de 2% dos pacientes celíacos são soronegativos. A probabilidade é pequena, mas pode acontecer.

Situação 7- Fazer o diagnóstico de doença celíaca com base apenas na positividade do HLA-DQ2 ou HLA-DQ8.

Embora a presença do HLA-DQ2 ou HLA-DQ8 seja um pré-requisito para a manifestação da doença celíaca, devemos lembrar que 30% da população em geral é portadora desses marcadores genéticos. De todos esses portadores apenas 3% vão desenvolver a doença.

Situação 8- Não incluir a dosagem de IgA total na investigação da doença celíaca.

Cerca de 7% dos pacientes com deficiência de IgA (IgA < 5mg/dl) têm doença celíaca, o que significa que a pesquisa de anticorpos anti-endomísio e anti-transglutaminase IgA será negativa (falso negativo). Neste caso, o diagnóstico poderá ser descartado de forma equivocada. Nos pacientes com deficiência de IgA, o teste sorológico deve ser feito com IgG (outro tipo de imunoglobulina).

Situação 9- Basear o diagnóstico de doença celíaca em testes obsoletos.

Está provado que os anticorpos anti-gliadina (IgA e IgG) têm menores especificidade e sensibilidade do que os anticorpos anti-endomísio e anti-transglutaminase. Por conta disso, o anticorpo anti-gliadina não é mais usado para o diagnóstico ou acompanhamento da doença celíaca.

Situação 10- Pedir exames de controle pouco tempo após iniciar a dieta sem glúten.

Não é exatamente um equívoco no diagnóstico, mas no acompanhamento da doença celíaca. Vale tanto para o exame sorológico como para a biópsia duodenal. Nós temos que dar um prazo para que desapareçam os anticorpos da circulação e para que a mucosa intestinal se recupere. Considero que seis meses é um prazo razoável para pesquisar os anticorpos. No caso da endoscopia, eu não a peço antes de dois anos. Cada paciente tem o seu tempo de reação, portanto, não adianta ter muita ansiedade para ver o resultado dos novos exames.

Consultório:  
Rua Baronesa de Bela Vista, 411 cj 233. Em frente ao aeroporto de Congonhas. 
São Paulo 
Tel 011- 5078-7776 / 2275-2101

109 comentários:

  1. anti endomisio iga reagente, anti transglutaminase iga negativo e anti gliadina iga negativo, isso tira a possibilidade de eu ser celiaca? mesmo o endomisio sendo positivo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se o antiendomísio deu reagente, é preciso continuar a investigação e fazer uma endoscopia com biopsia de duodeno. Se esse exame positivou, é possível que vc seja celíaca. Procure a ajuda de um gastroenterologista que conheça bem a doença celíaca e investigue.

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Acho q a situação 4 não pode em todos os casos ser considerada correta. Conheço aqui na Holanda uma mãe q descobriu a DC nas TRÊS filhas e a a seguri foi tb investigada pois apresentava cansaço e sintomas gastro-intestinais. Os exames sorológicos dela deram negativos, mas ela tinha um tioo de HLA "permissivo" (não lembro agora se DQ2 ou DQ8) e fez endoscopia, q só demonstrou pequenas alterações histológicas (infiltração linfocitária). Ela teve q se submeter a uma dieta de exclusão de glúten seguida de desafio e o reaparecimento dos sintomas gastro-intestinais dela q fizeram o médico concluir o diagnostico dela como portadora de DC. Pode até ser q o mais correto fosse diagnostica-la com "intolerância ao glúten imuno-mediada), mas convenhamos q alguém q ja tem todas as 3 filhas com DC, tem sintomas desencadeados pelo glúten, HLA permissivo e permeabilidade linfocitária intestinal, se ainda nao tem DC está provavelmente a caminho de desenvolve-lo. Qual o ganho de dizer p a paciente q ela pode continuar a comer glúten?

    ResponderExcluir
  4. Munha filha dói diagnosticada celíaca quando tinha 1 ano e 8 meses, hoje ela está com 6 anos, as vezes ela come alguma coisa com glúten e são tem reação alguma.
    A pediatra dela se admira pelo fato dela não ter características físicas de uma criança celíaca.
    Há alguma explicação. O fato dela fazer a dieta esses anos todos ajuda na reação imediata ao consumo do glúten?

    ResponderExcluir
  5. Obrigada pelas orientações, passei por muitos médicos, muitos aburdos, agora entendo porque meu diagnóstico nunca foi conclusivo.infelizmente não conhecem o protocolo e o pior acham que sabem e ainda ficam brabos quando o paciente questiona. E aí apelam para o emocional, taxando a pessoa de algo que seja semelhante e assim roubando anos de vida das pessoas com DC ou SGNC.Lamentavel.

    ResponderExcluir
  6. Bom dia. Fiz Gliadina Anticorpo igA e igG, endomísio e transglutaminase tecidual, todos deram
    Negativos (estava há 50 dias sem consumir gluten qdo fiz os exames). Podemos excluir a doença celíaca??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não podemos excluir. Como vc estava já em dieta sem glúten, os resultados podem ser um falso-negativo. O profissional de saúde precisará de uma endoscopia digestiva alta com biopsia de duodeno para saber se vs tem doença celíaca. Para fazer esse exame tem que estar comendo glúten normalmente nos ultimos 60 ou 90 dias.

      Excluir
  7. Bom dia. Tenho um sobrinho com síndrome de down. Ficou muito doente aos três anos, houve suspeita de Dc, mas todos os exames deram negativo. Agora, ele está com dez anos. Neste período, ele desenvolveu três úlceras. Recentemente repetiu todos os exames. O de sangue e o genético deram positivo para DC e a biopsia deu negativo. Ele pode ser considerado celiaco?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se são os exames de sangue específicos para doença celíaca e eles positivaram e o genético é positivo, pode-se fazer um diagnóstico clínico. Alguns gastros adotam como conduta colocar o paciente em dieta sem glúten rigorosa por alguns meses e observar se haverá mudanças físicas e emocionais nesse período. Depois volta a introduzir o glúten e ver como o paciente se sente. Outros já assumem que o paciente é celíaco, ainda sem inflamação evidente na mucosa do duodeno, e prescrevem a dieta sem glúten por toda a vida. Mais alguém na família tem diagnóstico de doença celíaca?

      Excluir
  8. Olá Raquel, voltei no gastro que me acompanha e ele descartou a DC, principalmente pela ausencia de alguns sintomas chave (diarréia que nunca tive) e pela negativa dos exames de sangue. Fiz um teste por conta própria na páscoa e consumi cerveja e bolo. Aos poucos estou voltando a consumir glúten e até agora não tive qquer tipo de reação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só reforçando que não ter diarreia não significa que a pessoa não seja celíaca ou não tenha problemas com o glúten. Continue observando suas reações ao comer glúten. A doença celíaca é sistêmica - pode acometer qualquer sistema do nosso corpo. São mais de 300 sintomas. A DC clássica ( onde se vê diarreia, vômito e perda de peso) não é a mais comum. A DC assintomática ou silenciosa é a manifestação mais comum dela.

      Excluir
  9. Minha biópsia de duodeno foi feita com três amostras e deu atrofia das vilosidades. Os exames de sangue foram negativos/ não reagentes. Sintomas: estômago alto, gases, refluxo, as vezes dor e diarreia. O diagnóstico de DC está confirmado ou diante do resultado do exame de sangue, e pelo fato da biópsia ter considerado três amostras, preciso repetir?
    Tomo remédio de pressão há 10 anos.

    ResponderExcluir
  10. Não precisa repetir. Seu diagnóstico de doença celíaca está confirmado. Agora é procurar um nutricionista que conheça bem a doença celíaca para te orientar. Estude sobre a doença celíaca e a dieta sem glúten. Participe de um grupo de celíacos na internet e troque experiências e informações.

    ResponderExcluir
  11. Boa tarde! Fui orientado pelo meu nutrologo a retirar o gluten totalmente da dieta, antes de fazer exames. Já faz um ano e meio que não consumo gluten, e nas poucas ocasiões em que me contaminei acidentalmente passei muito mal. Há como fazer o diagnóstico sem precisar voltar a consumir gluten por três meses? Não acho que conseguiria conviver novamente com os sintomas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você pode fazer o exame genético - HLA DQ2/DQ8. Para isso não precisa voltar a ingerir glúten.Alguns planos de saúde cobrem esse exame. 95% dos celíacos apresentam um desses alelos ou os dois. Mas 30% da população mundial apresenta DQ2 e /ou DQ8, então ele não é um exame que para fechar o seu diagnóstico como celíaco - é apenas mais uma peça no quebra-cabeça da doença celíaca.

      Excluir
  12. Boa tarde Dra. Raquel,
    Fiz biopsia e foi constatada a DC, mas os exames de sangue foram negativos. Semana passada fiz o HLA DQ2 e DQ8, recebi o resultado hoje. o DQ2 - positivo e o DQ8 - Não detectado. Estou desde o dia 29 de janeiro 2017 evitando o glúten, isto comprova realmente que sou celíaca?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sou médica, mas respondendo à sua pergunta, se a biópsia deu positiva você com certeza é uma pessoa celíaca. O exame genético ajuda a confirmar esse diagnóstico. Agora é fazer investigação nos outros membros de sua família: pais, irmãos, filhos. E fazer a dieta sem glúten corretamente, cuidando dos riscos de contaminação cruzada.

      Excluir
  13. Boa noite Dra Raquel:
    A minha questão é a seguinte: tenho filha com DC comprovada por anticorpos e biópsia. O irmão não tem qualquer sintoma visível de DC, mas fez os testes aos anticorpos e deram todos negativos. O teste genético deu DR3/Dq2, logo com predisposição para a DC. A pediatra acha que devemos parar a investigação por aqui e estar atentos a eventuais sintomas. Ora, daquilo que estudei após o diagnóstico da irmã, sei que há muitos, mas muitos sintomas relacionados com doenças autoimunes que não são facilmente detetáveis numa criança com 5 anos. Acha que devo pedir biópsia? Já agora, eu própria tenho osteopenia desde os 23 anos e todos os testes relacionados com hormonas e metabolismo do cálcio estão OK. Contudo, como os meus anticorpos para a DC deram negativos, o médico acha que a investigação deverá parar por aqui. Mais uma vez: deveria fazer biópsia? Obrigada desde já.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vanda, muitos celíacos brasileiros tem resultado negativo nos exames de sangue. Se você tem osteoporose, é importante fazer a endoscopia com biópsia. Sobre a possibilidade de fazer no seu filho: como ele tem apenas 5 anos, essa endoscopia só é feita em hospitais, com presença de anestesista. O protocolo clínico de doença celíaca do SUS recomenda que os parentes em primeiro grau de celíacos façam a endoscopia. MAS, eles precisam estar comendo glúten diariamente. Como é a sua dieta e a de seu filho? Vocês comem glúten todo dia ou fazem a dieta sem glúten junto com sua filha?

      Excluir
    2. Sim, Raquel, apenas a menina faz dieta isenta de glúten. Nós, não sendo celíacos até à data, comemos glúten fora de casa, pois em casa comemos todos igual. O que eu acho curioso é que os médicos não valorizam quadros atípios da DC... Vou ter que procurar um especialista que efetivamente perceba do assunto. Obrigada pelo apoio.

      Excluir
  14. Olá. Meu filho foi diagnosticado co doença celíaca há 2 anos e excluímos da sua vida o glúten. essa semana fui à um gastro que me disse que o exame que ele tem não diz que ele é celíaco. Deu assim: A: Produto de biopsias gástricas (corpo e antro). Fragmentos de mucosa com características de antro e corpo gástrico, permeados por poucos linfócitos e eosinófilos, dentro dos limites da normalidade. Ausência de malignidade.
    B: Produto de biópsias de duodeno. Processo inflamat´roio crônico, com altyeração do trofismo vilositário e linfocite intra-epitelial. Ausência de malignidade. Após 2 anos sem consumir glúten, ele fez os seguintes exames: Ige específico para glúten (que deu inferior à 0,10), Gliadina Iga, anticorpos (Resultado 0,80), Gliadina IgG anticorpos (resultado: 0,40) e PCR, Proteína com Reativa (7,20). A endoscopia é de 16/12/2014. Será mesmo que meu filho é celíaco? Falta apenas sair o resultado do AENDIGA Endomísio. Mas todos deram negativos até aqui. O gastro disse que essees resultado da endoscopia não falam de atrofia, portanto, provavelmente ele não é celíaco! O que pensar????? Se puder me ajudar, agradeço imensamente!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. O resultado da biópsia é de doença celíaca: "Produto de biópsias de duodeno -
      processo inflamatório crônico, com alteração do trofismo vilositário e linfocite intra-epitelial". Se ele faz a dieta sem glúten correta, os exames atuais tem que dar negativos - se dessem positivo seria sinal de que ele estava "furando" a dieta ou comendo glúten sem saber. Alteração do trofismo vilositário é igual a atrofia de vilosidades! Ele já refez a endoscopia com biópsia atualmente, para ver se o duodeno se recuperou? Ele ainda tem algum sintoma? mais alguém na família investigou se tem doença celíaca?

      Excluir
  15. Dra!
    Fiz os exames laboratoriais (Iga e Igg) e deram positivos. Fiz também a biópsia do duodeno e estou aguardando o resultado. Por favor, me tire a seguinte dúvida: se a biópsia der NEGATIVA, porém os laboratórios derem POSITIVOS, o que significa? Existe a possibilidade de ser uma doença celíaca?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quais exames exatamente que vc fez? Antigliadina? antiendomísio? antitransglutaminase? Se os 2 últimos exames foram os que deram positivo e a biópsia vier negativa, significa que é doença celíaca que pode estar no início do processo inflamatório.

      Excluir
  16. Boa tarde! Dra. Raquel
    Fiz exames de sangue em minha filha de 4 anos e o resultado foi:
    - Gliadina Desaminada IgG, Anticorpos Anti resultado 26,02 (fracamente reagente)
    - transglutaminase IgA, Anticorpos anti resultado 33,94 (reagente)
    Devo considerar que ela tem doença celíaca? Devo submetê-la a uma endoscopia com 4 anos para confirmar o diagnóstico?
    Eu tenho doença celíaca e, por isso, estou tão preocupada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa decisão será sua junto com um gastropediatra. Pelos resultados reagentes da sorologia e com você sendo celíaca, pode ser que a decisão seja não precisar submeter a criança a uma endoscopia e confirmar a doença celíaca com a melhora após a introdução da dieta sem glúten.

      Excluir
  17. O glúten realmente causa o transtorno de TDHA ou é mito?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paulo, muitos celíacos tem TDAH. Mas nem todo TDAH é celíaco. Só fazendo a investigação correta, com exames.

      Excluir
  18. Olá Dra., meu irmão tem esquizofrenia e convulsões. Temos medo de fazer a endoscopia e ter interações medicamentosas com os sedativos utilizados.

    Seus exames de sangue foram:
    anti endomisio (iga) não reagente,
    anti transglutaminase (iga) não reagente
    anti gliadina (iga) não reagente,
    ***Anti-gliadina (IGG) REAGENTE***

    com esses exames existe a possibilidade de meu irmão ser celíaco? Seria necessário fazer a Endoscopia?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá. Não sou médica, portanto não posso orientar se pode ou não fazer endoscopia. Mas posso comentar: o antigliadina IgG reagente pode indicar que existe sensibilidade não-celíaca ao glúten e nesse caso a dieta sem glúten precisa ser feita por um período de 3 a 6 meses, para avaliação. Nesse período a família pode observar se houve melhora em algum aspecto na saúde do paciente. Mas o correto é buscar a orientação de um gastroenterologista para saber se a endoscopia nesse caso poderia trazer algum risco para o paciente. Na literatura temos relato de pessoas com convulsões e esquizofrenia que tiveram melhora do quadro ao iniciarem uma dieta sem glúten e cuidando da contaminação cruzada por glúten. Na sua cidade tem algum especialista em doença celíaca e sensibilidade ao glúten?

      Excluir
    2. Olá Dra. Muito obrigada pela atenção.

      Pelo que os médicos falaram pode ser feita a endoscopia, mas existem sim alguns riscos um pouco maiores associados à medicação e ao histórico de convulsões. Decidimos não fazer, pelo menos por enquanto.
      Iremos fazer a retirada do glúten e observar o quadro dele.
      Grato pela atenção.

      Excluir
    3. Por favor, façam um diário com a alimentação servida e os sinais observados: humor, disposição, capacidade de raciocínio, condições da pele e do cabelo, dores articulares e musculares, funcionamento do intestino, condições das unhas, barulhos do intestino, aftas, digestão, memória, atenção, paladar, fome, sono, sede, zumbido nos ouvidos, equilibrio, manchas na pele. Eu sei que é trabalhoso mas ajuda a depois fazer uma real avaliação do que afetou ou não a dieta na vida dele. É muito importante ler todos os rótulos dos produtos usados, servir muitas verduras, legumes, frutas, ovos, carnes e fontes de gorduras boas como abacate, azeite extra-virgem, coco. Quanto mais natural a alimentação, com menos açúcar e alimentos processados, melhor para o organismo dele se refazer. Não sei se ele tolera o uso de leite, mas muitas vezes esse antigliadina IgG reagente pode ser uma alergia tardia ao leite e derivados. Então talvez fosse interessante evitar o uso de leite e derivados nesse período também.

      Excluir
  19. Bom dia Dra Raquel
    Estou sofrendo com diarreia leve, gases e distensão abdominal. Fiz uma endoscopia alta o resultado deu inflamação no duodeno, refluxo e gastrite leve. A biopsia deu presença de reação inflamatória por linfócitos, plasmócitos e poucos eosinofilos. Além leves distorções na arquitetura vilositaria, porém não pode comprovar a nosologia plenamente desenvolvida (palavras de quem deu o laudo). Os teste de ANTI-TRANSGLUTAMINASE TECIDUAL (IGa), ANTICORPOS ANTI-GLIADINA (IGa) e ANTI ENDOMISIO (IGg) todos não reagentes ou negativos. Intolerância a lactose deu positivo. Já vou no segundo gastroenterologista e não consegui um diagnostico de confiança. O que possivelmente posso ter? Como devo proceder?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pablo

      Os sintomas que você relata estão ligados à doença celíca, assim como também a intolerância à lactose. O que está descrito no laudo precisa ser quantificado. Você pode pedir ou o seu médico que o patologista diaga qual é o número de linfócitos inflitrados e as distorções na arquitetura vilositária sejam apontadas na escala de Marsh. Na escala, quando a arquitetura está preservada equivale a zero (0). Se há algun início de atrofia, Marsh I. A partir de Marsh II já é considerado doença celíaca. Os linfócitos infiltrados também são contados. Acima de 20 por 100 já indicam inflamação. Então eu te sugiro conseguir que essas informações importantes sejam detalhadas em novo laudo ou que se peça a lâmina e leve para outro laboratório para ser examinada - se chama releitura de Lâmina. Você é dono da sua lâmina. O laboratório tem que guardar por 5 anos ou te ceder se vc for levar para ser examinada em outro local.

      Excluir
  20. Boa tarde Dra. Sou intolerante à lactose diagnosticada já há anos em dieta restritiva, no entanto com quadro de sintomas sendo investigados e em busca de diagnostico: ganho de peso com dificuldade de emagrecimento, crises de enxaqueca, crises de diarreia alternadas com constipação, entre outros sintomas. O médico está investigando diversas doenças, entre elas a celíaca. Os sintomas da DC, pelo que li até agora, são muito consistentes com tudo que tenho. Tive resultado reagente apenas para anticorpos IgA Anti Gliadina. Isso seria um diagnostico de DC? Volto no meu medico apenas ano que vem. Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Olá.Não sou médica. Só o médico pode dar diagnóstico, mas se o antigliadina deu reagente, você precisa fazer a endoscopia digestiva alta com biópsia de duodeno, fazendo pesquisa específica para doença celíaca. Tem que estar comendo glúten normalmente nos últimos 6 meses para evitar dúvidas sobre os resultados. O que você descreve parece doença celíaca.E se a endoscopia der resultados negativos, ainda há a possibilidade de ser sensibilidade ao glúten não celíaca (SGNC).

      Excluir
  21. Boa noite,
    Raquel Benati.Tenho sofrido há muitos anos com infinitos sintomas. Fadiga, sintomas de alergias, e muitos sintomas gastrointestinais. Fiz muitos exames. Entre eles esse para investigação para doença celíaca.Os únicos que deram alteração foi leucocitose intermitente, vhs e pcr aumentados.Anticorpo anti saccharomyces boulardii reagente no valor de 26. E anti gliadina IgA reagente no valor de 40.os.outros todos negativos. Fiz muitas endoscopias e colonoscopia. Sempre mostram inflamação com infiltração de linfócitos e duodenite. Só teve uma que realmente mostrou diminuição de vilosidades no duodeno e muita inflamação. Outras são normais mesmo eu consumindo glúten. Pois nuca fiz dieta. Pois os médicos estão bem perdidos comigo.Na sua opinião, meu quadro fecharia como celíaca??? Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que você descreve parece com doença celíaca. Se o antigliadina deu reagente, procure um gastroenterologista especialista em doença celíaca para que ele te acompanhe e faça a endoscopia digestiva alta com biopsia de duodeno. Quem fizer a endoscopia precisa conhecer bem sobre doença celíaca e saber de onde pegar os fragmentos e enviar para um bom patologista. As chances de erros nesses procedimentos são muito grande, por isso é importante encontrar profissionais de saúde que conheçam bem a doença celíaca. E se a endoscopia der resultados negativos, ainda há a possibilidade de ser sensibilidade ao glúten não celíaca (SGNC). Investigue!

      Excluir
  22. por favor me tira uma dúvida..meu filho de 4 anos fez o exame de TI - GLIADINA - IGM e deu 0,9...isso significa que nao é reagente???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cintia, para doença celíaca é preciso ver os valores de referência do laboratório onde vc fez o exame. Tem diferença de um laboratório para outro. Ele fez o antigliadina IgA e o IgG?

      Excluir
  23. Bom dia, Raquel.
    Há 3 meses fui diagnosticada celíaca apenas com os exames anti-endomísio (1:160) e anti-transglutaminase (63,61). Depois disso comecei a fazer a dieta sem glúten e fiz novamente esses dois exames. O anti-endomísio deu negativo e o anti-transglutaminase deu 41,33. A pergunta é, será que sou celíaca mesmo? A endoscopia não deu aquela coisa toda que caracteriza a doença celíaca.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, você é celíaca! Na doença celíaca esses exames soroloógicos - de anticorpos - dão positivos no momento do diagnóstioc. Depois, quando a pessoa inicia a dieta sem glúten, eles vão diminuindo até dar resultado negativo ou não reagente. Isso é sinal claro de que a dieta está funcionando e que a pessoa está melhorando! Muitos profissionais de saúde não sabem disso e dizem bobagens para seus pacientes quando olham os resultados negativos apos a dieta sem glúten e afirmam que a pessoa não pode ser celíaca. Leia aqui:
      http://dietasemgluten.blogspot.com.br/2016/08/oito-coisas-que-todo-celiaco-precisa.html

      Excluir
  24. Minha endoscopia deu pangastrite , esofagite com presença eosinófilos com 20%. Infelizmente nao foi realizado biópsia de duodeno.

    ResponderExcluir
  25. Olá, Raquel! Boa tarde! Eu vi que vc nao é medica, mas percebi que tem grande conhecimento no assunto, por isso decidir escrever. Eu nunca tinha pensado na hipótese de ter DC, mas um dia li uma matéria dizendo que nem todo mundo tem os sintomas clássicos (diarréia ao consumir gluten) e decidi pesquisar mais. Tenho as mais variadas doenças inflamatórias possíveis (rinite, gastrite, esofagite, artrite) e um forte histórico de câncer de intestino na família. Minha bisavó e avó faleceram por causa da doença, mas nunca houve investigação de DC. Minha avó inclusive teve psoríase dos 40 e poucos anos ate o dia de sua morte, que nunca melhorou por nada. Também teve alopecia e outras doenças que decorrem de DC, assim como minha tia e meu pai. Depois que pesquisei, foi que vi que poderia ter alguma relação.
    Após muitos anos cansada de estar doente, cansada, com fadiga, intestino preso e alterações de humor inexplicáveis, decidi comentar com minha gastro e ela decidiu investigar a DC.
    Resultado dos exames de sangue: Negativo pra Anti Gliadina, Fracamente positivo pra Anti Transglutaminase (20,3) e nao reagente ao Anti endomísio.
    Resultado da biópsia de duodeno: DUODENITE CRÔNICA MODERADA INESPECÍFICA. Só deu "Infiltrado linfocitário de lâmina própria moderado" e "Linfocitose intraeptelial discreta" (cerca de 10 linfócitos/100 enterócitos). Não deu atrofia vilositária nem hiperplasia de criptas.
    Você acha que já é possível descartar o diagnóstico de DC? Eu li essa matéria e já tinha visto que tem que ser quatro amostras, o que não foi feito no meu caso (um único fragmento). Não sei se devo procurar outro gastro caso esta descarte a DC.. Eu sou a última pessoa que queria parar de comer glúten, mas se for necessário pra melhorar, estou disposta a tudo.
    Obrigada se puder me dar uma luz! Abraço!

    ResponderExcluir
  26. Existe a possibilidade de ser celíaco com o resultado do exame igG e igM normais? Com muitos sintomas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A sorologia para doença celíaca: antitransglutaminase IgA e IgG - antiendomísio IgA e IgG - Mesmo se a pessoa negativar nesses exames, ela pode ser celíaca. Fazendo a endoscopia digestiva alta com biopsia de duodeno é que a pessoa sabera com certeza se é celíaca ou não.

      Excluir
  27. Bia noite.
    Tenho todos os sintomas de alergia a glúten (intestinal,demartite, letargia, entre outros) porém o Rast foi negativo para trigo. Tenho intolerância a lactose, seria interessante continuar a investigação para Intolerância a Glúten ou DC?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você deve fazer os exames específicos para investigar doença celíaca e fazer exames de IgG para ver se tem alergia ao trigo não-mediada por IgE.

      Excluir
  28. Olá Raquel. Depois de 5 anos diagnosticada como celíaca. O médico gastro que fui para fazer exames de controle, disse que eu não era celíaca pois tinha uma filha. Passou exames de sangue iga igg e transglutaminase que deram não reagente. Fiz biópsia do duodeno que deu normal. Na época fui diagnostica por conta dos sintomas, um exame de sangue que deu indeterminado (demais deram negativo) e a biópsia que deu classificação de marsh 1. Tenho osteopenia, parestesia de mão e pés e baixo peso. Nunca consegui recuperar os que perdi. Está certa a conduta desse médico? Pois estando dentro da dieta é esperado esses resultados, certo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se vc passou esses 5 anos sem comer glúten, com certeza TODOS os exames deram negativos. Se ele tem dúvidas sobre seu diagnóstico e vc também, a conduta para investigar é outra. Celíacos que fazem a dieta sem glúten direitinho negativam os exames.

      Excluir
  29. Acho que ele está errado, pois já vi mulheres celíacas e com filho. Não tenho dúvida que sou celíaca. Mas como ele passou os exames juntos com outros fiz todos. O mais interessante pra mim era a endoscopia que queria saber se já estava normalizada após esse tempo de dieta.

    ResponderExcluir
  30. Ola Raquel,
    A duas semana meus teste de sangue voltou, moro na Australia mas com certeza acredito que vc vai entender, veio assim:
    Endomysial Antibody...High Positive
    Tissue Transglutaminase Iga...>250U/ml (<15)
    Total Serum Iga....3.06g/l (.69 - 3.10)
    Deamidates Gliadin Peptide IgG....127 U/ml (<15)

    Pode ser confirmado a doenca apenas com esse resultado? Eu fiz a endoscopia com biopsia para confirmar o diagnostico (estou no aguardo), mas o medico acredita que por esses numeros eh quase 100% que sou.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oficialmente a doença celíaca só é confirmada quando a biópsia do duodeno mostra atrofia de vilosidades. Mas esses resultados altamente positivos da sorologia já são indicativos de doença celíaca. Quando há a melhora dos sintomas após a doção da dieta sem glúten, com diminuição dos anticorpos (sorologia) fica confirmada realmente a doença celíaca.

      Excluir
    2. Se a biopsia negar o diagnotisco, o que esses numerous podem representar entao? Tem outra possibilidade?

      Excluir
    3. Existem outras situações que provocam atrofia de vilosidades, mas poucas que fazem os anticorpos celíacos positivarem. Pode haver erro na preparação ou leitura da lâmina pelo patologista, pode ser que o endoscopista não tenha colhido material para biópsia em locais lesionados. O seu médico vai fazer a relaçãoes entre seus sintomas , o resultado dos exames e verificar como seu corpo reage fazendo uma dieta sem glúten. Se após 6 meses de dieta esses anticorpos baixarem, é porque o glúten não é seu amigo.

      Excluir
  31. Olá , gostaria muito de uma ajuda.Peguei o resultado de exame hoje da minha filha de 12 anos e deu anti-transglutaminase igual ou superior a 128,0 U/ml.Isso significa que ela é celiaca? Como devo fazer até o retorno ao medico?Estou com medo!

    ResponderExcluir
  32. Olá, boa tarde .peguei o resultado de exame da minha filha de 12 anos de anti-tranaglutaminase iga de deu igual ou superior a 128,0U/ml, isso significa que ela é celiaca? O que devo fazer até o retorno ao medico?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Renata! Esse resultado indica grande possibilidade de ser doença celíacasim. Os sintomas mais resultados dos exames de sangue e resultado da endoscopia digestiva alta com biópsia de duodeno é que vão ajudar o médico a fechar o diagnóstico. Estude bastante sobre a doença celíaca, entre para o grupo Viva sem glúten no Facebook e entenda como vc e sua família vão ajudar sua filha!

      Excluir
    2. Olá, muito obrigada pelo esclarecimento. Mas estou com muito medo, e não vou deixar fazer a endoscopia com biopsia não 😭😭😭. Espero que com o resultado já posso entrar com a dieta pra ela.Tenho tanto medo!Não consigo nem imaginar minha filha com tantas restrições .Obrigada mesmo pela atenção 🙏🙏

      Excluir
  33. Ah esqueci o linfócitos deu 39,40%, 2,088mm/3.

    ResponderExcluir
  34. Aí meu Deus, estou com muito medo.Não vou deixar fazer a biopsia não 😭😭😭.muito obrigado pelo esclarecimento.Então já vou entrar com a dieta pra ela.🙏🙏.Acho que com esse resultado mais os finfocitos, fica claro né que infelizmente ela tem😭😭 .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Renata, a endoscopia com biópsia é muito importante, tanto para fechar o diagnóstico quanto para descartar a presença de pólipos e outras possíveis alterações, inclusive H. Pilory. É procedimento seguro, feito com sedação. Sua filha vai estar dormindo durante o exame. Inicie a dieta só após a realização da endoscopia. Vcs já estão chegando ao final dessa jornada na busca do diagnóstico. Recomendo que leia o material que temos aqui no blog, no nosso site e em nosso aplicativo Vida sem Glúten. Leia o s materiais em PDF que temos para baixar gratuitamente em nosso site:
      https://www.riosemgluten.com.br/educacao-celiaca

      Excluir
  35. Olá, Raquel, esses últimos meses eu tenho enfrentado uma luta para ter um diagnóstico. Fiz exame de intolerância alimentar:
    Intolerância a lactose positiva
    Anti endomisio positivo 1:40
    Anti gliadina positiva 12
    Levei os resultados e ela me disse que tinha uma intolerância moderada a lactose e um pouco de intolerância ao glúten. Que poderia comer um pouco de cada, porém sem exagero.
    Ela me pediu um endoscopia comum, sem biópsia intestinal e deu tudo normal. Duodeno aparentemente normal. Eu só tenho gastrite. Minha pergunta é, será que ainda tenho chance de ser celíaca? Eu to com muito medo de ser e continuar comendo glúten. Semana que vem eu marquei outro médico para ver a opinião dele.
    Vale lembrar que eu sou uma pessoa que não consumo muitos produtos com glúten, naturalmente. Eu como só pão e raramente macarrão...
    Estou com medo, por que eu não consigo engordar de jeito nenhum, por mais que eu coma muito bem. Meus exames sempre deram normais, nunca tive anemia, porém minha ferritina sempre foi baixa e as diarréias me fizeram emagrecer mais do que já sou.
    Att. Polly

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Polly, me desculpe mas essa médica está completamente equivocada. Se tem sorologia positiva é obrigação dela solicitar endoscopia digestiva alta COM biópsia de duodeno, colhendo de 6 a 8 fragmentos e pedir expressamente investigação de doença celíaca. Ela errou. O Protocolo Clínico de Diretrizes Terapêuticas do SUS é claro quanto a essa necessidade da biopsia. Procure outro grastro, leve seus exames e peça nova endoscopia, mas dessa vez com biópsia. quem positiva exame de anticorpo antiendomísio tem doença celíaca. Só olhando o duodeno no endoscópio, sem fazer biópsia, não é possível ver a atrofia de vilosidades. Essa médica errou, errou muito!

      Excluir
    2. Nossa, que tenso --' Obrigada, Raquel, irei nesse outro gastro e verei a opinião dele. Correndo contra o tempo.
      Obrigada =0)

      Excluir
  36. Boa tarde fiquei uma semana sem gluten. Fiz exame e não deu nada de intolerância. Isso pode ter alterado resultado do exame?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma semana não altera. Mas o resultado negativo nos exames de antitransglutaminase e antiendomísio não descartam a doença celíaca. Você estava comendo glúten todos os dias nos últimos 3 meses? Você percebe algum sintoma quando come glúten? Alguém da sua família tem doença celíaca? Você tem alguma doença autoimune? Você fez dosagem de imunoglobulina IgA, junto com os exames de sangue para doença celíaca?

      Excluir
  37. Minha sorologia deu negativa e o DQ2 detectado. Mas a biopsia deu Marsh 3b. Já pode ser fechado o diagnóstico para DC?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Andrea, com esse resultado o gastro com certeza vai dizer que você é celíaca e recomendar a dieta sem glúten. Mas o que fecha realmente o diagnóstico é vc, após fazer uma dieta sem glúten bem feita por 1 ou 2 anos, ver suas vilosidades recuperadas e sua saúde reestabelecida!

      Excluir
  38. Olá Raquel. Quanto tempo sem glútem altera o resultado dos exames de sangue (endomísio e anti gliadina)? Fiquei aproximadamente 3 semanas sem consumir glútem, aí voltei a consumir por alguns dias antes de realizar o exame. Os exames deram negativo. Pode ter sido um falso negativo? Os únicos sintomas que tenho é uma dor abdominal localizada e intestino preso. As três semanas sem glútem não mudaram em nada os sintomas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cintia, isso é individual. Muitos brasileiros tem sorologia negativa, mesmo comendo glúten todo dia. É preciso fazer a endoscopia digestiva com biopsia de duodeno para saber se houve atrofia de vilosidades. É importante estar ingerindo glúten antes do exame. Pelo menos 2 meses de ingestão diária de glúten e depois fazer a endoscopia. Para observar se houve melhora dos sintomas também é preciso fazer a dieta sem glúten por um período mais longo. Nesse teste,o leite e todos os seus derivados devem ser retirados e o consumo de açúcar deve ser evitado. Faça um diário alimentar durante esse período e anote tudo o que come e como se sente ( humor, disposição, frequencia de urina e fezes, visão, paladar, concentração, hidratação da pele, cabelos, aftas, dores de cabeça, dores articulares, atividade física. Pode parecer trabalhoso, mas é um mapa que depois pode ser analisado e encontrar respostas sobre sua saúde e alimentação.

      Excluir
    2. Olá Raquel, muito obrigada pelo retorno tão rápido! Estou aguardando o resultado da endoscopia com biópsia do duodeno e vou levar essa questão para minha médica na próxima consulta. Obrigada mesmo!

      Excluir
  39. Olá Raquel, eu fiz a endoscopia com biopsia do duodeno, no resultado da biopsia deu suspeita para parasitose ou doença celíaca (marsh 3), retornei ao gastro e ele solicitou os exames: anti-transglutaminase, anti-gliadina e antiendomísio, no anti-transglutaminase IgA deu igual ou superior a 128,0 U/mL, no anti-gliadina IgA deu 74 U/mL e no IgG de 13 U/mL. Isso indica que sou celíaca?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Confirmadíssimo!!!Celíaca de carteirinha! Agora é estudar bastante e aprender rápido sobre DC e dieta sem glúten. No nosso site temos muitos materiais em PDF sobre educação celíaca na aba Publicações:
      https://www.riosemgluten.com.br/

      Excluir
  40. Boa tarde. Estou com uma dúvida. Descobri esse ano que tenho hashimoto e fiz os seguintes exames para DC: anti-gliandina igg 0.1 (negativo para menor que 7), anti-gliandina iga 0.3 (negativo para menor que 7), anti-transglutaminase tecidual iga 0.2 (negativo para menor que 7), antiendomísio iga e igg negativos. Você acha que preciso fazer a endoscopia com biópsia para descartar a DC? Grata.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitos brasileiros tem sorologia negativa, mas apresentam atrofia de vilosidades. Então a recomendação para quem tem Hashimoto é fazer a endoscopia digestiva alta com biopsia de duodeno (intestino delgado).

      Excluir
  41. Boa tarde Raquel. Fiz uma endoscopia digestiva com biópsia, acusou "fragmentos de mucosa gástrica de tipo antral, apresentando fossetas revestidas por epitélio cilíndrico simples com núcleos dispostos no pólo basal. As glândulas ocupam cerca de um terço da espessura da mucosa e exibem luzes regulares. O córion é frouxo, com discreto infiltrado linfocitário difusamente distribuído e capilares sanguíneos congestos. Não observam leucócitos neutrófilos. Não há H. Pylori, e não há evidências de malignidade" a médica na emergência suspeitou de intolerância ao glúten devido aos sintomas que eu apresentei, mas o resultado da biopsia saiu posteriormente (ainda levarei os resultados para consulta clinica). Meus sintomas são de muita dor abdominal, diarreia leve, enjoo algumas vezes, sensação de estufamento na barriga. Bebia cerveja socialmente, e também comia alguns fast food. Queria saber se no resultado dessa biópsia teria algo relacionado a intolerância ao glúten?. (ainda irei fazer o exame de sangue)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dyanne! Pelo que vc escreveu esse resultado se refere ao estomago. Na investigação de doença celíaca o material para biopsia deve ser retirado do duodeno (intestino delgado). Não é possivel diagnosticar doença celíaca sem biopsia do duodeno...O patologista deve informar o grau de atrofia das vilosidades (escala de Marsh) e o número de linfócitos intraepteliais...

      Excluir
  42. Oi!
    Desde criança que sempre sofri mt com problemas gastrointestinais, aftas,vomito , diarreia, enxaqueca desde os tres anos...mais tarde ainda se juntaram irregularidades mentruais, sindrome do ovario poliquistico, autoimunidade da tiroide, herpes, tive de rwmovera vesicula, mta variacavnas enzimas do figado, diagnosticada com sinusite cronica e sindrome do intestino irritável aos 16 anos...de há cerca de três anos para ca uma fadiga inexplicável, tão depressa tenho a hemoglobina em niveis altos como abaixo,espasmos musculares constantes generalizados a todo o corpo mas com maior prevalencipnos bracos, pernas e maos, uma sensação de alfinetadas fortes na planta do pé e nos dedos das maos e pes, por vezes uma nevoa mental que me inibe de conseguir discernir com clareza (notei q isso e os espasmos/picadas melhoraram de grande qd me inibi de consumir glúten por cerca de um mês), problemas de esmalte nos dentes (cavidades que o dentista nunca soube explicar, manchas castanhas , dentes abanando hj em dia),inchaco no abdomen abdomen em grd escala tal como as dores, regluxo, permanentemente com sintomas de resfriado, imunidade fraquinha, b12 no limite minimo, acido folico abaixo do minimo, varios lipomas que têm surgido ultimamente...

    Cm desde criança sempre senti tantas dores e ninguém ligaav, aprendi a viver assim e nem sequer ao longo de anno relatei isso ao medico.
    Sou obesa porem sem colesterol elevado ou triglicerídeos, niveis de acucar sempre mais pro baixos (ppr exemplo jejum o meu normal e 55/65)...


    Cm nunca fui de me queixar, tenho uma boa tolerância à dor e desde que fui diagnosticada aos 16 com síndrome do intestino irritável, passei a achar normal tds os sintomas...

    Porem numa fase aguda de dores muito menos suportaveis, e com tantos sintomas a agudizarem consuktei uma gastro q solicitou endoscopia com biopsia. Foram retirados 4 fragmentos e no relatório mencionava:

    Atrofia das vilosidades, no estômago pavimento tipo mosaico, infiltrado inflamatório (tinha la a proporção de linfocitos mas n me recordo agora), sem alteracao relevante das criptas, gastrite cronica, estava classificado como marsh 1 e mencionava mesmo a designacao "doenca celiaca provável".

    A gastro disse-me que naoeran nada, que não era nada celiaca, que o examre podia ser considerado normal.

    Continuei a fazer td como antes. Passado uns meses tive um episodio em que dei comigo a acordar com uma dor de cabeça taomas tão grande que mal conseguia ver, levantei e em poucos minutos comecei a perder a coordenação motora porém sempre consciente do q estava a acontecer comigo, vomitei parecia a miuda do exorcista!, So verde liquido transparente, ate que perdi as forcas e o meu filho teve de chamar o inem.

    Após exame de TAC completo, afastaram a hipotese que haviam colocado de aneurisma devido aos exames neurologicos por exemplo, e a medica qmedica que estava a atender-me, ja com sinais de desespero por não conseguir com os exames mais "à mao" dizer o que eu tinha, foi ao sistema informático e quando viu la o resultado dessa biópsia disse estar ali o problema "você so pode ser celiaca, por mim nem precisava dos exames ao sangue"

    A minha questão e: com este historial todo, é possível ser celiaca mesmo que os exames de sangue entretanto sejam negativos?


    Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sua história de sintomas + o resultado da endoscopia levam a um possivel diagnóstico de doença celíaca. Faça a prova terapeutica. Faça 6 meses de dieta sem glúten rigorosa, sem furos e cuidando da contaminação cruzada por glúten no ambiente e alimentos. Faça um diario alimentar e de sintomas. Anote seu humor, disposição, concentração, o funcionamento de seu intestino, etc. Procure uma nutricionista que te ajude a montar uma dieta e suplemente minerais e vitaminas. Essa glicose muito baixa é sintoma de Resistencia á Insulina. Da proxima vez que colher sangue, meça a glicemia e a insulina de jejum e pós prandial também. Repita a endoscopia com biopsia do duodeno em 6 meses. Se tiver melhora, é a confirmação da doença celíaca. Muitos celíacos tem exames de sangue negativos e biopsia positiva. Trate a Resistencia a Insulina.

      Excluir
  43. Minha filha tem anti endomísio anticorpos (IgA) Reagente 1:30 , anti-endomísio anticorpos (IgG) não reagente e anti transglutaminase tecidual (IGA) 11,0 U/ml Reagente forte, esses dados seriam suficiente para diagnosticar Doença Celíaca ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jader, qual a idade de sua filha? Há outros celíacos na família? Existe histórico de doenças autoimunes na família? Ela tem sintomas relacionados a doença celíaca? Ela tem alguma alergia alimentar? A endoscopia digestiva alta com biopsia de duodeno ainda é o exame oficial para fechar o diagnóstico de doença celíaca. O resultado dos exames de sangue reagentes indicam que tem reação autoimune acontecendo.

      Excluir
  44. Ola Raquel, sou mais que esta na luta pelo diagnostico e sofrendo por antecedencia, vi que vc então se vc puder me dar uma luz...
    Anti gliadina IGA 169,45 U/ml
    Anti gliadina IGG 128,5
    Transglutaminase IGM 175,30
    Os valortes de referencia sao inferior ou superior à 30, fiz um outro que deu negativo nao me lembro o nome mas era o antiendomiso, ja fiz endoscopia onde dizia: nao se percebem as vilosidades.A mucosano bulbo tem nodularidaes esinais em mosaico.A mucosa esta tróficae exibe muitas interrupções nas pregas* .
    Conclusao: Gastrite endoscópica edementosa antral leve.
    Foi feito biopsicia e estou no agrado...sera que ja posso me considera celiaca....estou apavorada...
    Na endoscopia descobri tmb a bactéria H pillore....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Transglutaminase IGM 175,30 - vc digitou IgM, mas deve ser IgA...Com valores positivos tão altos, a biopsia com certeza vai confirmar atrofia de vilosidades e o diagnóstico de doença celíaca. Por que está apavorada?

      Excluir
    2. Porque sei que a vida de um celíaco é complicada, e tenho dois filhos que podem desenvolver a doença tmb. E me preocupo com coisas que poderão ter contaminação cruzada. o Teste que deu negativo e eu disse que não lembrava o nome era anti-gliadina IGM 1,8.
      Nao consigo entender por que quase nao tenho sintomas, jamais imaginaria ser intolerante ao glúten. Não sei de ninguém na minha família que tenha a doença...

      Excluir
    3. Muitos celíacos também não identificam outros familiares com diagnóstico. A forma mais comum de doença celíaca é a assintomática. Fique tranquila. Um problema de cada vez. Aguarde o resultado da biopsia. Qualquer dúvida é só perguntar.

      Excluir
  45. Obrigada por sempre responder, vou tentar ser paciente.

    ResponderExcluir
  46. Fiz exame de anti gluadina iga deu 2,6 u e IgG deu 2,1
    Valor de referência não reagente<20
    Reagente >30
    Não entendi esses resultados, sabe o que significa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Significa que vc não foram encontrados anticorpos antigliadina em seu sangue. Se você está investigando doença celíaca, precisa fazer exame de sangue para medir anticorpo antitranglutaminase IgA e antiendomísio Iga. E para fazer esses exames precisa estar comendo glúten diariamente nos últimos 3 meses.

      Agora, se voce já tem diagnóstico fechado de doença celíaca e já faz dieta sem glúten corretamente, esses exames de sangue precisam dar negativos ou não reagentes. Isso é sinal de que está tudo ok com seu intestino delgado.

      Excluir
    2. Ola mais uma vez Raquel!
      O resultado da minha biopscia saiu e o medico me diagnosticou como celíaca, porem tenho muitas duvidas, vou descrever o que esta escrito no laudo e se vc puder me dizer o que essas coisa significam vou ficar muito grata.

      Mucosa e intestino delgado apresentando:
      Vilosidades:com aplanamento completo.
      Criptas:criptas distorcidas.
      Relação Vilosidades/Criptas:0/1
      Epitélio das vilosidade: permeado por linfócitos numerosos, sinais de dano inflamatório e relação linfócitos intraepiteliais /enterócitos em torno de 92% ( queria muito saber o que isso significa)
      População de células caliciformes:muito reduzidas.
      Celularidade da lâmina própria: infiltrado misto e edema.
      Glândulas de Brunner: presentes com padrão normal.
      Metaplasia gástrica: presente, de padrão foveolar.

      Conclusão:

      Mucosa duodenal com alterações inflamatórias crônicas acentuadas,linfocitose intraepitelial acentuada acentuada e atrafia, na presente amostra.
      Classificação de Marsh/oberhuber: Enteropatia tipo 3C.
      Classificação de Corazza/Villanacci: Grau B2

      E no final dizia compatível com a hipótese clinica de doença celíaca, que necessitava estrita correlação com dados clínicos.

      Ele me disse que não era necessário mais nenhum exame, me passou a dieta, não posso consumir nada com glúten nem com contaminação cruzada, e me disse pra retornar em fevereiro ou março pra repetir os exames. Me disse ainda que as pessoas nao podem nem comer pãp do meu lado, que meu marido nao pode tomar cerveja perto de mim, e que se meus filhos ou marido comerem algo com glúten ele tem que lavar bem, as mãos e escovar os dentes antes de me dar um beijo por exemplo. Me indicou acompanhamento nutricional tmb.

      Excluir

    3. Nossa, vc é celíaca de "carteirinha". O glúten provocou um grande estrago no seu duodeno. Sobre suas dúvidas:
      relação vilosidade / criptas.

      Pense numa imagem: vários dedos - eles representam as vilosidade do intestino.As criptas são um poço que separa cada dedo. Quanto mais alta é a vilosidade, mais normal ela está. Seria algo assim: 4 cm de vilosidade para 1 cm de cripta (na verdade só dá pra ver essas vilosidades e criptas no microscópio, de tão minúsculas que são). As suas vilosidades praticamente desapareceram com a inflação no seu duodeno. Estão zeradas! Voce está com o grau máximo de atrofia vilositária - Marsh tipo 3C.

      Sobre presença de linfócitos intraepteliais. Quando a pessoa está com o duodeno saudável, não tem presença desses linfócitos. Se a pessoa tem alguma inflação nessa área eles aparecem. Nos quadros de alergia alimentar eles sao encontados.

      A relação linfócitos intraepiteliais /enterócitos até 20/100 não dá certerza do diagnóstico de Celíaca. Mas vc está com quase 100 línfocitos para cada grupo de 100 enterócitos! Não há dúvida de que é celíaca.

      Estude muito, leia os artigos aqui do blog e do meu site www.riosemgluten.com . A dieta sem glúten bem feita vai curar seu duodeno e trazer essas vilosidades de volta!

      Participe do grupo Viva sem glúten no Facebook e troque experiencia com celíacos de todo o Brasil.

      Qualquer dúvida é só perguntar.

      Um abraço. A vida muda pra melhor depois do diagnóstico, mesmo com as restrições da dieta.

      Excluir
    4. Obrigada Raquel pelos esclarecimentos, vou procurar seu grupo no Facebook e ler todos os artigos do blog.

      Excluir
  47. Boa Tarde ! Quando fui a primeira consulta já estava a fazer a dieta do gluten. Depois fiz o testes para despiste de doença celíaca , e deram negativos.
    O resultado que deu , foi sensibilidade ao gluten mas continuo com os mesmo sintomas. Terei de fazer nova consulta e novos exames?
    Obrigado pela atenção!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Voce faz a dieta sem glúten corretamente, sem trapacear e cuida da contaminação cruzada por glúten na sua casa e na rua? Ja se consultou com um nutricionista para organizar a dieta, suplementar vitaminas e curar a disbiose intestinal? Está fazendo dieta correta há quanto tempo?

      Excluir
  48. Olá.
    Em novembro de 2016 procurei um gastro devido a desconforto intestinal e flatulencia, fiz biopsia e o diagnóstico foi DC. Negligenciei e não fiz a dieta. Há 5 meses os sintomas de constipação e desconforto abdominal com muitos gazes aumentaram.
    Decidi eliminar o glutem e a lactose da dieta,o intestino melhorou, mas os gazes e inchaço e sintomas de desconforto abdominal não.
    Quanto tempo demora para melhorar após o início da dieta?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depende de cada organismo. Alguns celíacos conseguem bons resultados com 6 a 8 meses de dieta sem glúten bem feita. outros podem levar anos. O acompanhamento com nutricionista é essencial para acelerar esse processo. Repor minerais e vitaminas, curar a disbiose intestinal, equilibrar a dieta, focando em alimentos in natura, evitando alimentos ultraprocessados e investigar outras sensibilidades intestinais fazem parte do processo de cura.

      Excluir
  49. Olá Raquel.
    Meu resultado de sangue deu como:

    ENDOMISIO IgG - Não reagente
    GLIADINA IgG - 0,4 U/mL
    ANTI TRANSGLUTAMINASE IgA - 0,2 U/mL

    Isso quer dizer que possuo algo?

    ResponderExcluir
  50. Olá Raquel.
    Fiz exames de sangue à pedido da minha gastro, e deu o seguinte resultado:

    ENDOMISIO IgG - Não reagente
    GLIADINA IgG - 0,4 U/mL
    ANTI TRANSGLUTAMINASE IgA - 0,2 U/mL

    Isso quer dizer que possuo doença celíaca?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jéssica, vc não mediu aantiendmisio e antigliadina IgA? Estranho a medica pedir só o IgG. Se vc está fazendo investigação para saber se tem doença celíaca, esse resulto deu negativo. Mas isso não exclui a possibilidade de você ter doença celíaca.Se vc percebe que o glúten te faz mal, se tem muitos sintomas, se na sua família tem pessoas celíacas, se vc tem doença autoimune é preciso continuar investigando. Terá que ser feita uma endoscopia digestiva alta com biopsia de duodeno.

      Mas se vc é celíaca e fez esses exames para Acompanhanento, então quer dizer que sua dieta sem glúten está mantendo os anticorpos quietinhos, dormindo. Isso é um bom sinal.

      Qual é o seu caso? Investigação ou acompanhamento?

      Excluir
  51. Boa tarde, qual o valor de referência para o exame de transglutaminase, porque no laboratório que eu fiz deu um valor e no da minha amiga deu outro! Pelo dela o meu daria positivo mas pelo o que eu fiz deu negativo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cada laboratorio usa um kit de teste diferente, por isso o valor de referencia varia. O que vale é onde vc fez o seu exame.

      Excluir
  52. Olá Raquel.
    O exame de sangue da minha filha de 4 anos deu assim: transglutaminase IGA 124,0 U/ML
    Endomisio IGM NÃO REAGENTE
    ENDOMISIO IGA REAGENTE 1:160
    ENDOMISIO IGG NÃO REAGENTE
    GLIADINA IGA 37,0 U/ML
    GLIADINA IGG 106,0 U/ml

    Seria doença celíaca? Estou aguardando resultado da biópsia tbm.

    Agradeço desde já a atenção.
    Cintia.

    ResponderExcluir
  53. Olá Raquel.
    O exame de sangue da minha filha de 4 anos deu assim: transglutaminase IGA 124,0 U/ML
    Endomisio IGM NÃO REAGENTE
    ENDOMISIO IGA REAGENTE 1:160
    ENDOMISIO IGG NÃO REAGENTE
    GLIADINA IGA 37,0 U/ML
    GLIADINA IGG 106,0 U/ml

    Seria doença celíaca? Estou aguardando resultado da biópsia tbm.

    Agradeço desde já a atenção.
    Cintia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cintia!

      Os exames deram valores altamente reagente - isso é positivo para doença celíaca. Vc ja teve o resultado da biopsia de duodeno?

      Excluir